Camerite alcança o número de 600 câmeras integradas ao projeto City Câmeras

O objetivo é chegar a mil câmeras integradas à plataforma até o final do ano e até 10 mil câmeras até 2020

Compartilhe

Receba nossa newsletter
Novembro de 2017 Edição do Mês

Da Redação


 

A Camerite superou a marca de 600 câmeras integradas ao projeto City Câmeras, da Prefeitura de São Paulo. A parceria que permite a integração entre as câmeras da prefeitura e da iniciativa privada com armazenamento em nuvem começou no mês de maio e visa aumentar a segurança da cidade.

O objetivo da empresa é expandir a parceria e mapear a cidade com mil câmeras até o fim do ano e 10 mil câmeras conectadas até 2020. Com isso, a capital paulista seria a cidade mais monitorada do mundo, ultrapassando Nova York, que possui 8 mil câmeras.

As imagens em nuvem ficam disponíveis por até sete dias, permitindo que as autoridades realizem a consulta e monitorem ocorrências pela cidade. Com isso, diversos órgãos como Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e a Guarda Civil Municipal (GCM) podem agilizar o atendimento a diversos tipos de ocorrências. Podem participar do projeto câmeras presentes em prédios corporativos, comércios ou residências.

A Camerite oferece uma plataforma de gerenciamento de monitoramento, com visão e mosaico para até 25 câmeras, avançar e voltar na linha do tempo, gravação de eventos, rondas virtuais e a possibilidade de salvar arquivos em nuvem com agilidade.

 

Notícias Relacionadas