Cidade de Poá cria botões de pânico e monitoramento em tempo real para usuários

Habitantes de três regiões da cidade podem acionar o botão em caso de alguma emergência, o que permite que as equipes da Prefeitura possam acompanhar e verificar a ocorrência

Compartilhe

Receba nossa newsletter
Agosto de 2017 Edição do Mês

Por Renan Araujo


 

A cidade de Poá, na região metropolitana de São Paulo, está utilizando uma tecnologia que permite aos habitantes de três diferentes regiões da cidade comuniquem emergências e tentativas de crimes. Por meio do projeto Vigilância Solidária, os moradores da cidade podem acompanhar as câmeras de monitoramento da cidade através de uma ferramenta web ou aplicativo e acionar um botão de pânico para alertar sobre alguma ocorrência.

Dessa maneira, os órgãos responsáveis pela fiscalização da Prefeitura recebem o aviso nas telas e podem acompanhar as imagens para comunicar à polícia e chegar mais rapidamente ao local. Também é possível entrar em contato com a pessoa que acionou o alerta.

Outra ação dos moradores foi a criação de um grupo de WhatsApp que possui 85 pessoas e possibilita a troca de informações entre os comerciantes e moradores sobre alertas e ocorrências diversas na cidade.  

Notícias Relacionadas